la rebelión consiste en mirar una rosa

hasta pulverizarse los ojos


Alejandra Pizarnik


Poema de Julio Cortázar a Susana Rinaldi: “Não sei o que há atrás de sua voz...”











Não sei o que há atrás de sua voz.
Nunca lhe vi, você é os discos
que  povoam pela noite este apartamento de Paris.

Procurei por você em Buenos Aires, mas sabe seguro
quantos espelhos de mentira lhe faz errar o canto,
como depois de andar de buraco em buraco
acaba com genebra num bar
murmurando a raiva do despiste.

Não sei, já vê, nem como você é,
tenho as fotos de seus discos, gente
quelhe conhece e lhe escreve,
paredes de palavras com glicinas
e você atrás inalcançável como sempre.

E isto que digo de Susana
é  também Argentina onde todo
pode esconder a calote, senão sabemos ser
como o farol do bairro, ou como cá  seus tangos,
vigias da noite e a esperança.





Tradução ao português:  




Susana Rinaldi: "Porque vas a venir"




Homenaje a 100 años de su nacimiento y 30 de su partida: 
26 Agosto 1914 - 12 Febrero 1984 / 
Homenagem aos 100 anos de seu nascimento e 30 de sua partida:
 26 agosto 1914 - 12 fevereiro 1984